banner-formulanegocioonline-250-1
Logo Essência Cigana
CADASTRO DE NOVIDADES

ACEITAMOS

Bandeiras
Facebook
fone e endereço
CURIOSIDADES
_The_Elemental_Goddesses__by_moroka323

Os Elementares

Os elementares são espíritos dos quatro elementos: a terra, a água o ar e o fogo que, junto com a lua, as estrelas e o sol eram fontes de toda criação na mitologia da Grécia antiga. O alquimista e filósofo suíço Paracelso (1493-1541) os chamou de gnomos (terra), salamandras (gênio que vive no fogo), silfos (ar) e ondinas (água) que habita um reino situado entre os planos espiritual e material. Eles controlam as energias naturais e mágicas que influenciam os pensamentos e desejos humanos.   Os gnomos são espíritos da terra que aparecem na mitologia e no folclore do norte da Europa. Retratados com seres semelhantes aos anões, que vivem no subsolo, esses elementares estão associados à magia da terra, à cura com ervas, à proteção, à fertilidade e também à prosperidade.   O Homem Verde é o típico espírito da terra da natureza verde, comumente retratado todo coberto com folhas verdes de carvalho. Ele aparece como um símbolo na maior parte da Europa, onde está associado aos festivais de fertilidade da primavera e ao poder de fazer chuva. As esculturas em pedra e madeira  do Homem Verde eram utilizadas para proteger s pessoas contra o mal.   Os espíritos elementares da água, que Paracelso chamou de ondinas, habitam as cavernas embaixo dos oceanos, margem de lagos, pântanos e ribanceiras de rios. Eles possuem as qualidades da água iluminada pelo sol, emitindo luz trêmula ritmicamente. Os Nixies (gênios das águas) são espíritos de água dos rios, das nascentes, lagos e pântanos que aparecem como lindas donzelas. Elas adoram música e dança e possuem poderes de profecia. Ao mesmo tempo podem conceder dádivas aos humanos e também ser prejudiciais, algumas vezes afogam as pessoas.   O elemento água está associado ao cálice, que simboliza a intuição  e as emoções, na tradição mágica ocidental, e também à cura em assuntos como amor, e crianças. Os espíritos da água podem ser consultados através da “cristalomancia”, uma forma de adivinhação que envolve olhar par água em busca de imagens simbólicas.   Os silfos são seres elementares do ar com asas que vivem no topo das montanhas. São associados á lógica, à comunicação, ao aprendizado e a viagens. São invocados através da queima de incensos ou óleos aromáticos e estão conectados à faca ou a espada de rituais, uma ferramenta mágica de comando.   As salamandras são espíritos elementares do fogo, originando-se do lagarto de fogo dos desertos do Oriente Médio. Vivem em lagos derretidos, vulcões e fogueiras de floresta. Têm línguas trêmulas e mudam de forma com o próprio fogo. Geralmente associadas ao poder, à luz, à inspiração, purificação e à criatividade.   Na tradição Islâmica, os espíritos do fogo são chamados “djinn”. Eles habituam as montanhas que rodeiam o mundo e são conhecidos por seus poderes e sua habilidade de mudar de forma; às vezes aparecem como homens gigantes. O djinni (ou gênio) da lâmpada de Aladim é um espírito desse tipo.